ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018

08/02/2018 | 21:40:43

Exposições do Carnaval propõem reflexão sobre o conceito de “alteridade”

Exposições do Carnaval propõem reflexão sobre o conceito de “alteridade”

Todos podem ser Clovis Bornay” (foto) e “Carnaval: História, Música e Alteridade” têm entrada gratuita e estão em exposição até 28 de fevereiro

Foto: Paulo Mantoanelli

O Carnaval da Paz e Cidadania 2018 - além de blocos, trio e Carnaval de Praia - também traz exposições sobre a festa mais popular do país. Até o dia 28 de fevereiro, o Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria apresenta “Todos podem ser Clovis Bornay”, enquanto o MIS- Museu de Imagem e do Som José Tescari apresenta “Carnaval: História, Música e Alteridade”. As exposições, com realização da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, têm entrada gratuita.

As exposições propõem uma reflexão sobre o conceito de “alteridade” que é o fio condutor deste trimestre na Rede de Museus de Araraquara, trazendo a busca de si mesmo através do outro. Esse pensamento vem à luz na própria dualidade carnavalesca que opõe a parte ao todo, a identidade à diferença, a fantasia ao concreto e real, já que “alteridade” se define como o “caráter ou estado do que é diferente; que é outro; que se opõe à identidade... Circunstância, condição ou característica que se desenvolve por relações de diferença, de contraste”.

No Museu Voluntários da Pátria, itens carnavalescos fazem uma homenagem e um convite: “Todos podem ser Clovis Bornay”. Apesar de ser museólogo de profissão, Bornay ficou famoso como carnavalesco, já que introduziu inovações como a figura do destaque - uma pessoa luxuosamente fantasiada sendo conduzida do alto de um carro alegórico. Os participantes da exposição podem utilizar os itens disponíveis e fazer registros fotográficos e, assim, “todos podem ser Clovis Bornay”.

Já no MIS, a exposição “Carnaval: História, Música e Alteridade” apresenta registros fotográficos e musicais que contextualizam a história do carnaval brasileiro e de Araraquara.

Os horários de visitação da exposição são: no Museu Voluntários da Pátria, de segunda à sexta-feira, das 9h as 17h30, e aos sábados das 9h30 às 12h; já no Museu da Imagem e do Som é de segunda a sexta, das 12h às 20h. Mais informações pelos fones: (16) 3322-9708 (MIS) e (16) 3322-4887 (Museu Voluntários da Pátria).

 

SERVIÇO:

Carnaval da Paz e Cidadania 2018 apresenta as exposições:

 

- “Todos podem ser Clovis Bornay”

Local: Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria

Horário de visitação: de segunda à sexta-feira, das 9h as 17h30, e aos sábados das 9h30 as 12h

Mais informações: (16) 3322-4887

 

- “Carnaval: História, Música e Alteridade”

Local: MIS- Museu de Imagem e do Som José Tescari

Horário de visitação: de segunda à sexta-feira, das 12h às 20h

Mais informações: (16) 3322-9708

 

Grátis

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados