ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017

14/08/2013 | 04:07:09

João Farias e diretor do Sismar se desentendem em sessão da Câmara

Vereadores e seguranças tiveram que intervir para acalmar os ânimos

João Farias e diretor do Sismar se desentendem em sessão da Câmara

Vereador João Farias parte contra sindicalista e é contido por colega

O presidente da Câmara, João Farias (PRB), e o Diretor do Sismar, Marcos Zamboni, discutiram durante a Sessão da Câmara desta terça-feira, dia 13. Durante sua fala na tribuna popular sobre a questão da Fungota, Zamboni teria insinuado que a mulher de Farias havia sido beneficiada com cargo público.

O vereador se sentiu ofendido e partiu para cima do sindicalista, que aceitou a provocação. Os dois foram impedidos de um confronto físico por outros vereadores. Houve princípio de tumulto envolvendo representantes do Sismar e pessoas que assistiam a sessão, que foi interrompida por 30 minutos. No retorno, João Farias pediu desculpas aos presentes e lamentou seu comportamento, mas enfatizou que sempre vai defender sua família acima de tudo, até do cargo que ocupa.

Em determinado ponto da discussão, com voz alterada, João Farias pedia a Marcos Zamboni que parasse de insinuar que sua esposa ocupava cargo público por ser a mulher dele. "Pare de desrespeitar alguém que trabalha, que não é vagabunda, que bate cartão", bravejou o vereador. O sindicalista reagiu: "Quem está falando isso é o senhor! Não falei o nome dela aqui, não". Mais algumas ofensas trocadas e João Farias caminhou em direção a Zamboni, sendo interceptado pelo vereador Willian Afonso. Outros presentes também intervieram.

Zamboni, retomando a palavra, disse: "população de Araraquara, olha que a nível chegou o representante dos senhores. Que vergonha! Que vergonha! Tá doendo muito... ninguém citou o nome da sua esposa aqui, não. A sua carapuça serviu, você vestiu. Num diálogo, num debate, eu ponho você no bolso."

Falando sobre o processo de contratação de servidores do Fungota - questionado pelo Sismar - o sindicalista provocou o presidente do Legislativo, desta vez insinuando taxativamente que "vereador" teria pedido um cargo para sua esposa na administração pública em troca de apoio político. João Farias levantou-se novamente e partiu em direção a Zamboni, sendo impedido de se confrontar fisicamente com ele.

Seguranças da Câmara já estavam no plenário e ajudaram alguns vereadores a retirar Farias do recinto e "convidar" a se retirar partidários do Sismar que assistiam a sessão. Houve empurra-empurra e xingos. O tumulto, a seguir, durou mais alguns minutos.

A sessão foi retomada e João Farias se desculpou, lamentando sua conduta, incompatível com o cargo que ocupa. Ele assumiu responsabilidade por seus atos e avisou que está a disposição do Legislativo para responder à Comissão de Ética da Casa por falta de decoro parlamentar. Farias enfatizou novamente que fez tudo (e faria de novo) com objetivo de defender sua família.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2014 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados