ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017

11/08/2012 | 04:00:09

Massafera anuncia redução de ICMS e inclusão de laranja na merenda

Massafera anuncia redução de ICMS e inclusão de laranja na merenda

Foto: Douglas Braz

O governador do Estado, Geraldo Alckmin, decidiu incluir o suco de laranja na merenda escolar dos estudantes da rede pública paulista. A medida foi defendida pelo deputado estadual Roberto Massafera em reunião realizada quinta-feira (9) com lideranças do setor no Palácio Bandeirantes, sede do governo.
“Ao lado da cana, a laranja é o maior agronegócio do Estado. Emprega 300 mil pessoas e é o principal produto da balança comercial agrícola brasileira. O governador Geraldo Alckmin não se omitiu diante das dificuldades e está buscando alternativas para o setor”, afirmou Massafera.Também participaram o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Barros Munhoz; os secretários de Estado Mônica Bergamaschi (Agricultura), Andrea Calabi (Fazenda) e Marco Antônio Castelo Branco (Comunicação); o presidente da Câmara de Citricultura do Ministério da Agricultura, Marco Antonio dos Santos; o representante da Sociedade Rural Brasileira, Antonio Julio Junqueira Queiroz; o presidente da Associtrus, Flávio Viegas; o representando dos produtores agrícolas, Lair Antônio de Souza; e o presidente da Citrus BR, Christian Lohbauer.
A inclusão do suco de laranja na merenda escolar cria um enorme mercado consumidor para a fruta. A rede pública paulista tem 4,3 milhões de estudantes em um ano letivo de 200 dias. Essa é uma das medidas de enfrentamento da crise que atravessa a citricultura adotada de forma emergencial.
Estima-se que 60 milhões de caixas de laranja (40,8 kg) deixariam de ser colhidas na safra atual porque a indústria de suco não tem como estocar. Segundo elas, não há mercado consumidor para o produto. Além de uma super safra estimada em 360 milhões de caixas, as empresas alegam que iniciaram o período com altos estoques da ordem de 600 mil toneladas, e que ainda enfrentam retração do consumo nos Estados Unidos e Europa.
ICMS - Além da merenda escolar, o governador Geraldo Alckmin discutiu uma série de medidas com os representantes do setor citrícola. Entre elas estão a redução do ICMS do suco de laranja de 18% para 12%. A medida também incentivar deve incentivar o mercado interno de suco de laranja, tornando o produto mais acessível à população. Outra medida fiscal do Estado é a antecipação de créditos de ICMS das empresas para financiamento do custos.
Como forma de combater o desemprego, Roberto Massafera também discutiu com o governador Geraldo Alckmin a criação de frentes de trabalho de 6 a 9 meses. Nos municípios citrícolas onde houver fechamento de postos de trabalho, as Prefeituras contarão com recursos do Estado para contratação de mão-de-obra e manutenção da renda das famílias desempregadas. A iniciativa deve ser acompanhada da oferta de cursos de qualificação profissional para inclusão dos trabalhadores em outros setores.
O Estado também vai negociar junto ao Banco do Brasil uma prorrogação da dívida dos citricultores paulistas, estimada em R$ 600 milhões; e do financiamento dos estoques das indústrias.
Segundo dados da Federação da Agricultura e Pecuária de São Paulo (Faesp), a citricultura gera mais de 300 mil empregos, receitas de R$ 4,4 bilhões e divisas de US$ 2,4 bilhões por ano com exportação de suco. A crise tem afetado 13 mil citricultores e 40 mil trabalhadores.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2014 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados