ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018

28/06/2018 | 20:57:32

Novo programa vai beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade com cestas de hortifrútis

Distribuição começa pelo Cras do Valle Verde e vai contemplar famílias selecionadas pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social

Novo programa vai beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade com cestas de hortifrútis

A Prefeitura de Araraquara dá início nesta sexta-feira (29) à distribuição de alimentos provenientes de associações de agricultores familiares por meio do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). A iniciativa irá beneficiar 300 famílias em situação de vulnerabilidade, que receberão semanalmente cestas de hortifrútis frescos direto do campo. 

A distribuição começa pelo Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do Valle Verde e vai contemplar famílias selecionadas pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social por meio do programa Territórios em Rede. Também serão beneficiadas as regiões do Jardim Cruzeiro do Sul, São Rafael, Cecap (incluindo o Residencial dos Oitis), Hortênsias e Parque São Paulo, consideradas prioritárias pelo alto índice de vulnerabilidade social. 

Os hortifrútis são adquiridos por meio da modalidade Compra com Doação Simultânea, que promove o desenvolvimento da economia local e a articulação entre as demandas de suplementação alimentar. A ação é operacionalizada pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e tem apoio técnico da Coordenadoria de Agricultura, vinculada à Secretaria Municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico. 

Os produtos chegam ao Banco de Alimentos (órgão da Coordenadoria de Segurança Alimentar da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social), que monta e repassa semanalmente 300 cestas de hortifrútis para serem distribuídas, por meio dos Cras, nas seis regiões integrantes do programa Territórios em Rede. 

“A entrega das cestas de frutas, legumes e verduras diretamente nos bairros para as famílias identificadas por meio dos Cras é um fato inédito no município. Trata-se de uma ajuda temporária, que irá complementar as cestas básicas de alimentos não perecíveis que já são entregues para as famílias, garantindo uma alimentação saudável às pessoas que mais precisam, por no máximo seis meses, até que as famílias se reestruturem socialmente”, explica o coordenador de Segurança Alimentar, Marcelo Mazeta. 

“Além de melhorar a alimentação das famílias beneficiadas com uma dieta de qualidade, o PAA por meio da Doação Simultânea também incentiva a agricultura familiar local e contribui para o escoamento da produção”, completa a coordenadora de Agricultura, Silvani Silva. 

Os alimentos são fornecidos por duas associações locais participantes da modalidade: Chico Bento, que reúne 12 produtores rurais do Assentamento Bela Vista, e Cedir (Centro de Desenvolvimento e Integração Rural), que conta com 22 produtores do Assentamento Monte Alegre. Cada proposta tem o valor de R$ 64 mil e prevê o fornecimento de hortifrútis até dezembro ao Banco de Alimentos. 

O programa Territórios em Rede é coordenado pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social com apoio intersetorial de diversas secretarias municipais e visa fortalecer a rede de proteção social nos territórios prioritários.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2017 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados