ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Terca-Feira, 25 de Abril de 2017

27/11/2013 | 03:31:17

Overdose de Marcelo Rezende toma conta da Record

Fonte: http://fabiotv.zip.net/ | Autor: Fabio Maksymczuk

A Rede Record comemora os índices do “Cidade Alerta”. O programa consegue registrar dois dígitos na média com certa frequência, fato cada vez mais raro na emissora da Barra Funda. Por isso mesmo, a atração de Marcelo Rezende ocupa grande parte da programação. Inicia por volta das 17 horas e termina às 20h40. Mais de três horas diárias. Diante do fenômeno, o policialesco ganhou até uma edição aos sábados com Luiz Bacci. O ex-apresentador do “Fantasia” virou uma espécie de clone de Rezende. Até emprega a mesma entonação no comando do noticiário. 

Para preencher as mais de três horas, Marcelo Rezende resolveu criar “escadas”. Percival de Souza virou alvo das “chacotas” do jornalista. Bacci se tornou “menino de ouro”. Há também as repórteres.  Em uma edição recente, o apresentador chamou Fabiola Gadelha de “Chiquinha” por estar de cabelo preso e roupa verde e branca. “Cidade Alerta” transformou-se em um programa humorístico! 

Devido ao bom momento, o canal explora a exaustão o jornalista.  No domingo retrasado (17/11), Rezende recebeu uma homenagem no “Domingo Espetacular”, matéria que foi reprisada no dia seguinte no “Cidade Alerta”. Já neste domingo (24/11), Marcelo encarou o quadro  “Chuta pra Fora ou Chuta pro Gol” no “Domingo da Gente”. E mais homenagens...Só falta aparecer no “Fala que eu te escuto”...  

Como já tinha dito neste espaço, Celso Portiolli ficou acomodado e não evoluiu no “Domingo Legal”. Resultado: a Record investiu no horário e derrubou o pupilo de Silvio Santos.  O mesmo acontece com a faixa das novelas das sete da TV Globo. A emissora platinada produziu, recentemente, novelas sem grandes atrativos.  “Além do Horizonte” é o ápice. Se a Record tivesse apostado em suas novelas nesta faixa horária, as produções de teledramaturgia alcançariam mais repercussão. A duração do “Cidade Alerta” é completamente exagerada. Marcelo Rezende, de certa forma, herda esse público que foge do canal platinado.  Esta é uma das razões para os índices inflados, diante do que é apresentado.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2014 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados