ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Sábado, 22 de Julho de 2017

11/02/2014 | 02:55:35

Prefeito Marcelo reabre Museu Voluntários da Pátria

Prefeito Marcelo reabre Museu Voluntários da Pátria

Alunos do CEC Aléscio Gonçalves visitam a sala sacra do Museu Histórico Voluntários da Pátria

Foto: Tetê Viviani

O Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria, na Praça Pedro de Toledo, região central de Araraquara, está remodelado e com novo mobiliário. O prefeito Marcelo Barbieri liderou a solenidade de reabertura, realizada pela Prefeitura de Araraquara por meio da Secretaria Municipal da Cultura, na tarde desta segunda-feira (10).

A obra buscou adequar o prédio e valorizar o acervo do Museu, além disso, os novos ambientes foram planejados para uma maior interatividade com o público. Foi realizado um estudo das demandas do Museu com o objetivo de valorizar as peças de exposição e criar um cenário convidativo aos visitantes. A climatização do salão principal, que dispõe de espaço para cursos e palestras, também fez parte da reforma.

O prefeito elogiou o trabalho em conjunto efetuado pelas secretarias de Desenvolvimento Urbano, de Cultura e de Obras Públicas. Marcelo destacou que foi prioridade a preservação do bem cultural que representa a memória local. “Este prédio é de 1898 e é um dos prédios mais antigos e mais importante da cidade”.

Marcelo explicou que o nome “Voluntários da Pátria” é uma homenagem aos 30 jovens de famílias tradicionais de Araraquara, que serviram na Guerra do Paraguai de 1864 a 1870. “Os nomes destes jovens estão no novo mural inaugurado na entrada do Museu”, lembrou.

O secretário da Cultura, Renato Haddad, também exaltou o trabalho coletivo das secretarias responsáveis pela intervenção no prédio e enalteceu a história do local. “Neste prédio de 116 anos já funcionou Fórum, Escola de Belas Artes, cadeia, Câmara Municipal. Somente em 1975 o Museu se instalou aqui”, apontou.

Haddad acredita que, com o novo equipamento, o Museu passará a realizar mais atividades. “A identidade e memória da cidade estão muito bem preservadas não só com este museu, mas também com os outros quatro que a cidade possui. O Museu Voluntários da Pátria agora passa a fazer parte do projeto que abre os museus aos domingos”, destacou.

O vereador Jeferson Yashuda lembrou que o Museu Voluntários da Pátria fez parte da sua infância. “Eu vivia neste museu! A escola que estudei me trouxe aqui e isto despertou minha curiosidade”. De acordo com o vereador, entre outras, o Museu traz a oportunidade da criançada ter contato com computadores, calculadoras e TVs antigas.

História

Em 1964, quando abrigava a Câmara, o prédio passou a se chamar Palacete São Bento, em homenagem ao padroeiro da cidade, mas quando a Câmara deixou o prédio, em 1974, o nome Palacete São Bento foi levado junto. Em 2007, quando o prédio atual da Câmara passou a se chamar Vereador Carlos Alberto Manço, o nome Palacete São Bento foi devolvido ao prédio da Pedro de Toledo.

O prefeito descerrou uma placa, no lado externo do prédio, com o endereço geográfico do prédio e com o nome efetivo de “Palacete São Bento”.

Ainda com a remodelação, o Museu ganhou a restauração da reprodução, de 1929, do quadro “A Partida da Monção”, de Almeida Júnior (1850-1899), pai do pintor e professor Mário Ybarra de Almeida (1893-1952), que morou alguns anos na cidade e dirigiu a Escola de Belas Artes de Araraquara. O quadro original integra o acervo do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. No Museu, a pintura ilustra o novo auditório, na parte térrea do sobrado.

Estrutura

Hoje, o museu passa a ter um auditório para 40 pessoas e apresenta também uma nova museografia, ou seja, os objetos estão expostos de forma a valorizá-los, porém nem tudo está exposto. “Estamos trabalhando com cerca de 40% do acervo, o restante será exposto ao longo do ano em exposições temporárias”, lembra a gerente dos museus, Virgínia De Gobbi.

Entre as salas do espaço, estão: Sala Mestre Dito, Sala Profa. Silvia Carvalho, Sala Araraquara, Sala Madalena Olivastro. No pavimento superior ficam as salas das telecomunicações e energia com mostra do acervo da CPFL e objetos de telefonia.

Os recursos aplicados na reforma do Museu Histórico são parte de um aporte de R$ 1,3 milhão do governo federal, por meio do Ministério do Turismo, e contrapartida da Prefeitura destinada ao Parque dos Museus, no Centro da cidade. Foram investidos R$ 330 mil, sendo R$ 100 mil na obra civil e R$ 230 mil em equipamentos eletrônicos e mobiliários.

Os recursos do Ministério também foram usados para a aquisição do antigo prédio da Rua Voluntários da Pátria esquina com a Avenida Portugal para construção do Museu de Arqueologia e Paleontologia de Araraquara (MAPA); para a reforma do Centro de Conservação e Restauro de Acervos Diversos (Cecradi), na Praça Pedro de Toledo, e a instalação do Museu a Céu Aberto no Bulevar dos Oitis.

A cerimônia também foi acompanhada pelo vice-prefeito Coca Feraz; Alessandra de Lima, secretária de Desenvolvimento Urbano; Valter Rozatto, secretário de Obras; e os vereadores: Adilson Vital, Aluísio Bráz, Elias Chediek, Jair Martineli e Roberval Fraiz, além dos alunos do CE Aléscio Gonçalves dos Santos e do padre Samir Silva, da Paróquia Sagrada Família, que abençoou o espaço. Também, os ex-funcionários Maria do Carmo Libutti e Benjamin Cagnin acompanharam a solenidade.

O Museu Voluntários da Pátria está localizado na Praça Pedro de Toledo, s/nº, no Centro (entre avenidas Portugal e Duque de Caxias). O horário de funcionamento é: às segundas-feiras, das 13 às 18 horas; de terça à sexta-feira: das 9 às 12 horas, e das 13 às 18 horas; aos sábados: das 9 às 12 horas. A entrada é gratuita.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2014 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados