ACESSE SUA ÁREA

Esqueceu a senha?

Araraquara, Quarta-Feira, 28 de Junho de 2017

29/11/2013 | 04:41:22

Ruivo da VIVO sobressai nos intervalos comerciais

Fonte: http://fabiotv.zip.net/ | Autor: Fabio Maksymczuk

O intervalo comercial é um momento tenso para os diretores de todos os programas da TV brasileira. De novelas a jornalísticos. É uma oportunidade para o telespectador “zapear” e migrar de canal. Por isso mesmo, diferentes atrações exploram os geradores de caracteres para chamar a atenção desse público viciado no controle remoto. 

Porém, de tempos em tempos, surgem propagandas que se destacam. Algumas fizeram história.  A campanha de Feliz Natal do Banco Nacional (dos anos 80) é uma das minhas preferidas. “Bom Natal, um Feliz Natal, muito amor e paz pra você...”. Isso revela a minha idade.... 

 Atualmente, a propaganda da VIVO sobressai.  João Côrtes incorporou bem o personagem. O ruivo consegue, de uma forma leve e descontraída, informar as vantagens da operadora de celular. É uma série de anúncios que traz o carisma do ator ao vídeo. 

Ele já procurou pelo número de Grazi Massafera e se tornou amigo de Fábio Porchat. Na praia, de uma forma despudorada, pede o telefone de uma garota e explica que a escolheu para ser sua favorita. Quando a moça comenta que os dois não se conhecem, o rapaz diz: “Não tem problema. A gente usa esses mil minutos para estreitar a relação”. Ótima sacada. 

É a criatividade dos nossos publicitários que têm o talento reconhecido em premiações internacionais. Côrtes aproveitou o bom momento e já foi contratado pela Globo para trabalhar na próxima novela das sete. Merece.

Visite a página do site FolhaCidade no Facebook

COMENTÁRIOS

Comentar

Máximo de caracteres: 200

|   Caracteres digitados:

Comentar

Para poder comentar, cadastre-se.

Se já for cadastrado, é só

Publicidade

FACEBOOK

Publicidade

Tl: (16) 3332-5307 / 99727-0985 (site)


(16) 3332-3626 / 99743-2822 (jornal)

contato@folhacidade.com.br

Copyright © 2005/2014 - folhacidade.net. Todos os Direitos são Reservados